Atelier das Pedras

Coordenação do espaço cultural e do projeto de catalogação da obra da artista Gisela Waetge.

O antigo espaço de trabalho da artista Gisela Waetge (1955-2015) foi projetado em 2000, pelo arquiteto Flávio Kiefer. Foi construído seguindo um programa muito simples: no térreo ficaria a oficina de patchwork – ofício que Gisela lecionava desde os anos 1990 –, o acervo de obras de arte, a copa e serviços; no segundo pavimento o atelier de pintura, quadrado de preferência. O terreno triangular e pequeno pedia uma aproximação com as divisas, matando os ângulos indesejáveis. O segundo pavimento pôde ser solto e livre afirmando a geometria do quadrado desejado. Por ser construído em pedra grês, acabou sendo batizado como Atelier das Pedras.

Hoje, foi ressignificado porém preservando a memória de Gisela e sua generosidade como artista, professora e pessoa. O que era ateliê de pintura foi transformado em sala de encontros e compartilhamentos. O acervo da artista está abrigado na casa. Desde 2019, está em curso o projeto de catalogação de suas obras, viabilizado por meio de uma Ação de Extensão da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com coordenação de Eduardo Veras.

O espaço do Atelier das Pedras está aberto para locação para eventos e afins. Entre contato.